Governo e Google estudam implantar internet gratuita via balões no Brasil

Na quarta-feira, 9, o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, vai se encontrar com Mohammad Gawdat, vice-presidente de inovação do Google X, para discutir a implantação do Loon, projeto que pretende oferecer internet gratuita por meio de balões na estratosfera.
O objetivo é levar a internet para locais remotos, como zonas rurais, reservas naturais e locais atingidos por desastres. Durante a reunião, a Google pretende descobrir qual a necessidade do Brasil, qual parcela não tem acesso à internet e o que as pessoas estão procurando.
Loon
O projeto Loon faz parte do Google X, setor de inovação da empresa, que desenvolveu o Google Glass e o carro que não precisa de motorista.
O projeto piloto foi lançado em junho, na Nova ZeLândia. A empresa pretende realizar mais testes no mesmo país durante esse ano. Os balões lançados de lá poderão cobrir Austrália e, posteriormente, chegar até Argentina, Chile, Uruguai, Brasil e África do Sul.
Os balões são de gás hélio e equipados com antenas wi-fi. Eles têm capacidade para voar durante 100 dias, em altitude superior à dos aviões. A velocidade de conexão, segundo a Google, é semelhante à da internet 3G.

0 comentários:

Postar um comentário

A Fiz agradece o seu comentário!